Bento XVI veste lenço típico jordaniano

Amã, 8 mai (EFE).- O papa Bento XVI voltou a usar hoje uma kafiah branca e vermelha, o lenço típico usado na Jordânia, após recebê-lo de dois rapazes jordanianos durante sua visita a um centro de reabilitação de deficientes em Amã.

EFE |

Os jovens vestiram o pontífice com o lenço, enquanto o papa os cumprimentava e ressaltava a importância do centro, pertencente ao Patriarcado Latino de Jerusalém, como meio para facilitar a integração dos deficientes à sociedade.

Esta é a segunda vez nas últimas semanas em que o papa veste uma "kafiah". No último dia 22, uma jovem palestina que compareceu à audiência pública na Praça de São Pedro colocou nos ombros de Bento XVI o lenço palestino, tradicionalmente branco e preto, o qual o pontífice usou enquanto conversava com ela.

Após a visita ao centro de reabilitação, o papa foi até o Palácio Real jordaniano para uma visita à família real do país. Bento XVI foi recebido pelo rei Abdullah II, pela rainha Rania e pelos quatro filhos do casal.

O papa presenteou a família real com uma gravura em água-forte de um mapa da cidade do Vaticano. EFE JL/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG