O Papa Bento XVI declarou neste domingo que o sofrimento faz parte do mistério da pessoa humana, em São Giovanni Rotondo (sul da Itália), ao visitar um hospital fundado pelo padre Pio, um dos santos mais populares do país.

O capuchinho Padre Pio (1887-1968), santificado em 2002, fundou em 1947 esta instituição, a "Casa Alívio do Sofrimento", que se tornou um hospital de renome com 1.200 leitos.

"Nos hospitais, tocamos o valioso caráter de nossa existência, mas também sua fragilidade", declarou o Papa aos diretores da instituição, funcionários e pacientes.

"A doença, que se manifesta de tantas formas e nos afeta de maneira tão diversa, suscita perguntas inquietas: por quê sofrimos? é possível reter como positiva a experiência da dor? quem pode nos livrar do sofrimento e da morte? Perguntas existenciais, que seguem humanamente na maioria do tempo sem respista, já que sofrer constitui uma inigma impenetrável para a razão. O sofrimento faz parte do próprio mistério da pessoa humana", declarou Bento XVI.

"Não há mais que Deus para eliminar o poder do mal. A fé nos ajuda a penetrar o sentido de tudo o que é humano e, portanto, igualmente do sofrimento", concluiu o Sumo Pontífice.

cj/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.