Sydney (Austrália) - O papa Bento XVI se reuniu hoje com o primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, e o governador geral, Michael Jeffery, chefe do Estado e representante da coroa inglesa.

Os três se reuniram por meia hora, e discutiram a importância do diálogo entre as diferentes religiões. Além disso, Rudd detalhou ao pontífice várias iniciativas sobre o assunto iniciadas na região da Ásia-Pacífico, indicou em entrevista coletiva Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano.

O primeiro-ministro destacou a colaboração entre Austrália e a vizinha Indonésia, a nação de maior população muçulmana do mundo.

Jeffery falou sobre o meio ambiente e a escassez de água e energia, e o papa disse que é preciso também "da energia do espírito" e dos valores que podem dar sentido à juventude.

Bento XVI já se referiu à proteção do meio ambiente em seu primeiro discurso ao chegar à Austrália, um assunto que adiantou que seria central durante a Jornada Mundial da Juventude, que este ano acontece em Sydney.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.