Bento XVI sai da Casa Branca no papamóvel

Washington, 16 abr (EFE).- O papa Bento XVI saiu hoje da Casa Branca no papamóvel e em meio a fortes medidas de segurança, após ter se reunido com o presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, e assistido a uma cerimônia de boas-vindas.

Milhares de pessoas, muitas delas com as bandeiras do Vaticano e dos Estados Unidos, se alinhavam ao longo da Avenida Pensilvânia e pelo percurso papal, para poder ver o pontífice.

O serviço secreto tinha bloqueado desde o início da manhã o acesso à praça de Lafayette, em frente à Casa Branca, e por onde o pontífice deveria sair em procissão até a Nunciatura, no noroeste da capital.

Durante a cerimônia de boas-vindas, Bush disse que, "em um mundo onde alguns invocam o nome de Deus para justificar atos de terrorismo, de morte e de ódio, precisamos de sua mensagem de que Deus é amor".

"Abraçar este amor é a maneira mais segura de salvar os homens de se tornar um presa das doutrinas do fanatismo e do terrorismo", disse.

Bento XVI pediu hoje aos Estados Unidos para continuar tratando de solucionar conflitos, com "o apoio paciente da diplomacia internacional".

O papa estimou que os EUA tenham se "mostrado sempre generoso ao sair ao encontro das necessidades humanas imediatas, promovendo o desenvolvimento e oferecendo alívio às vítimas das catástrofes naturais".

Com um "Deus abençoe a América", Bento XVI concluiu seu discurso, em meio aos aplausos entusiasmados de um público que gritou em vários momentos "viva o papa".

Mais de 9.000 pessoas estavam presentes nos jardins da Casa Branca para a ocasião.

Muitos deles começaram a entrar às 6h, quatro horas e meia antes de começar a cerimônia.

A ocasião coincidiu com os 81 anos do papa, e o público cantou de maneira espontânea "feliz aniversário", antes de a soprano lírica Kathleen Battle interpretar o Pai-nosso.

Após os discursos, o papa recebeu com aplausos e um gesto de bênção uma nova felicitação de aniversário feita pelo público.

Terminada a cerimônia, Bush e o papa percorreram juntos o caminho em relação ao Salão Oval, onde se reuniram por 45 minutos. EFE mv/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG