Cidade do Vaticano, 27 ago (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje a sacerdotes e seminaristas que, seguindo o exemplo de São Paulo, anunciem o Evangelho com generosidade e sem se deixar amedrontar pelas dificuldades.

Bento XVI pronunciou estas palavras após dirigir uma "saudação especial" e abençoar os sacerdotes e seminaristas da diocese espanhola de Plasencia, que, junto ao bispo Amadeo Rodríguez, participaram da tradicional audiência das quartas-feiras, realizada na Sala Paulo XVI do Vaticano.

O papa lhes pediu que, "imitando São Paulo", anunciem o Evangelho "com generosidade e convicção", sem se deixar "amedrontar pelas dificuldades".

Durante a catequese, o papa evocou a figura de São Paulo e repassou os principais períodos da vida do santo, com exceção de sua conversão ao cristianismo, sobre a qual disse que falará em uma próxima audiência.

Após sua conversão, São Paulo, que antes tinha perseguido os cristãos, dedicou sua vida "ao anúncio do Evangelho, sem poupar energia", e enfrentou provas difíceis.

Além disso, durante a audiência, Bento XVI também condenou hoje "com firmeza todo ataque à vida humana", após os atos violentos registrados nos últimos dias contra comunidades cristãs no estado indiano de Orissa, que deixaram vários mortos e feridos.

O papa "convidou" os líderes religiosos e autoridades civis a "trabalhar juntos para restabelecer entre os membros das diversas comunidades a convivência pacífica e a harmonia, que foram sempre o sinal distintivo da sociedade indiana".

O Vaticano já havia feito ontem uma chamada "a todos para que, com sentido de responsabilidade, se coloque fim a todo abuso e se restabeleça um clima de diálogo e respeito mútuo", depois que há dois dias grupos extremistas hindus incendiaram um orfanato, várias igrejas e casas em Orissa. EFE cr/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.