Bento XVI pede que fiéis sigam o exemplo de Santo Isidoro de Sevilha

Cidade do Vaticano, 18 jun (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje que os fiéis católicos sigam o exemplo de Santo Isidoro de Sevilha, que indicava que é preciso conjugar a contemplação de Deus e a caridade ao próximo.

EFE |

Bento XVI dedicou a audiência geral de hoje para explicar a figura de Santo Isidoro de Sevilha, "amigo do papa Gregório Magno" e irmão mais novo de São Leandro, a quem sucedeu na Sede Episcopal de Sevilha no ano de 599.

O pontífice afirmou que a "lição" que Santo Isidoro deixa aos católicos de hoje é, como reiterava o bispo de Sevilha, saber entrelaçar "uma vida que procura a contemplação e o diálogo com Deus através da oração e na leitura das sagradas escrituras, e a ação a serviço da comunidade humana".

Segundo o papa, durante sua vida, Santo Isidoro experimentou um permanente conflito interno "entre o desejo de se dedicar unicamente à meditação da palavra de Deus e as exigências de se dedicar à caridade por seus irmãos".

Além disso, destacou que Santo Isidoro viveu em uma época difícil para o Cristianismo, na qual os visigodos bárbaros tinham invadido a península ibérica e conquistado o território que pertenceu ao Império romano. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG