Bento XVI pede para não ter medo de testemunhar a fé na sociedade

Cidade do Vaticano, 6 set (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje aos fiéis laicos, aos jovens e às famílias que não tenham medo de viver e testemunhar a fé nos diferentes âmbitos da sociedade, em sua homilia durante a missa realizada em Viterbo.

EFE |

"Ocorrem as estações da história, mudam os contextos sociais, mas não muda a vocação dos cristãos de viver o Evangelho, à par com os tempos. Eis aqui o compromisso social, eis aqui o serviço próprio da ação política, eis aqui o desenvolvimento humano integral", disse o pontífice.

Além disso, o papa convidou a vencer a falta de comunicação nascida do egoísmo para dar lugar "a uma nova humanidade do diálogo, da comunicação e da comunhão".

"Uma humanidade boa, como é boa toda a criação de Deus; uma humanidade sem discriminações, sem exclusões (...) de um modo que o mundo seja, para todos, um campo de genuína fraternidade", disse.

Bento XVI viajou hoje a Viterbo, conhecida como a cidade dos papas e onde nasceu o termo "Conclave", no século XIII.

O papa chegou esta manhã a Viterbo e visitou a sala do Conclave do Palácio dos Papas, onde, em 1268, o governador da cidade trancou com chave os cardeais para que elegessem um novo pontífice, já que os sacerdotes tinham deixado vaga a sede apostólica durante mais de dois anos, após a morte de Clemente IV.

Do Conclave de Viterbo saiu eleito Gregorio X, que regulamentou através da constituição Ubi Periculum, de 1274, a escolha do pontífice. EFE ebp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG