Bento XVI pede o fim da violência na região dos Grandes Lagos

Luanda, 22 mar (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje, em Luanda, o fim da violência na região africana dos Grandes Lagos e a continuidade do difícil processo de diálogo e negociação.

EFE |

O apelo foi feito no fim da missa que o Pontífice celebrou para três milhões de pessoas - segundo a agência de notícias local "Angop" - numa esplanada da capital angolana.

"Aqui no sul da África, rezemos à Virgem para que interceda pela paz, pela conversão dos corações e pelo fim do conflito na região dos Grandes Lagos. Que Cristo cure aqueles que sofrem, conforte os que choram e dê força a todos aqueles que levam adiante o difícil processo de diálogo, de negociação e do fim da violência", afirmou.

Bento XVI também disse que a África é um continente de esperança, mas que tem sede de justiça, de paz, de um desenvolvimento são e integral capaz de assegurar a seu povo um futuro de progresso e paz.

EFE jl/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG