sombras que despontam no horizonte - Mundo - iG" /

Bento XVI mostra preocupação com sombras que despontam no horizonte

Cidade do Vaticano, 15 jan (EFE).- O papa Bento XVI expressou hoje sua preocupação com as muitas sombras que despontam no horizonte e que inquietam a humanidade, mas encorajou os homens a não se desmoralizar e manter sempre acesa a chama da esperança.

EFE |

Bento XVI expressou essa inquietação no discurso que dirigiu hoje aos membros da Polícia italiana encarregada da segurança externa do Vaticano, aos quais recebeu em audiência para a tradicional troca de felicitações pelo novo ano.

"Começa um novo ano e muitas são nossas expectativas e esperanças. Mas não podemos esconder que, no horizonte, despontam muitas sombras que preocupam a humanidade. Não devemos nos desmoralizar, pelo contrário, temos que manter acesa a chama da esperança", afirmou o papa.

O pontífice acrescentou que, para os cristãos, a esperança é Cristo, "o único que pode renovar o coração do homem e transformá-lo em um oásis de paz, o único que pode nos ajudar a construir um mundo onde reine a justiça e o amor".

Sobre os policiais italianos que garantem a segurança externa do Vaticano, o papa disse que, quando era cardeal e se encontrava com eles, sempre pensava "nos sacrifícios" desse trabalho, devido aos turnos para a vigilância do recinto vaticano.

Bento XVI acrescentou que esses sacrifícios são feitos pelos policiais, mas também repercutem em suas famílias.

O papa disse que o trabalho desses policiais é vivido como uma missão, "um serviço ao próximo, que obriga a uma constante vigilância e a uma harmonização da disciplina e da cordialidade, e o controle e a amparada dos peregrinos e turistas que vêm ao Vaticano". EFE JL/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG