O Papa Bento XVI lamentou neste domingo as notícias dramáticas que chegam de Gaza, deplorando que a rejeição ao diálogo tenha conduzido a situações que afetam de maneira indizível a população, vítima, novamente, do ódio e da guerra.

O pontífice também fez um apelo aos líderes "dos lados israelense e palestino" por uma "ação imediata para pôr fim à trágica situação atual" na Faixa de Gaza, após a oração do Angelus na praça de São Pedro.

kd/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.