Bento XVI inicia amanhã em Roma leitura ininterrupta da Bíblia

Roma, 4 out (EFE) - O papa Bento XVI começará amanhã a leitura ininterrupta da Bíblia, evento que durará seis dias e sete noites e contará com leitores como o cineasta Roberto Begnini e políticos como o ex-primeiro-ministro italiano Giulio Andreotti. O meia brasileiro Kaká, do Milan, participará da maratona. O primeiro dia da leitura da Bíblia, que será exibida ao vivo pela rede de televisão RAI, será dedicado ao Gênesis, o primeiro dos livros bíblicos, e o pontífice iniciará o recital em hebraico. Bento XVI será substituído pelo bispo Hilarion Alfeyev (do Patriarcado de Moscou), seguido por Domenico Maselli (pastor da Igreja Evangélica Valdense da Itália) e depois por Begnini, que lerá os capítulos 4 (a história de Caim e Abel) e 5 (os primeiros patriarcas) do Gênesis. O acontecimento ocorrerá na Basílica de Santa Cruz de Jerusalém, em Roma, e a ele também se somarão Andreotti e os diretores de meios de comunicação, como Giovanni Maria Vian, do LOsservatore Romano, e Ferruccio De Bortoli, do Sole 24 Ore, além de vários cardeais. No interlúdio musical, o tenor Andrea Bocelli cantará Gloria, de Johann Sebastian Bach, previsto para as 14h (horário de Brasília). No entanto, nem todos os leitores serão pessoas conhecidas. A Bíblia também será lida por cegos em braile, presos e crianças doentes hospitalizadas.

EFE |

Apesar de o idioma mais utilizado ser o italiano, o livro também será lido nos próximos dias em árabe e em grego. EFE cps/wr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG