Bento XVI fratura o pulso direito após escorregar e cair

(Atualiza com novas informações sobre a fratura). Cidade do Vaticano, 17 jul (EFE).- O papa Bento XVI fraturou hoje o pulso direito depois de escorregar e cair na casa em que descansa por alguns dias na localidade italiana de Les Combes, confirmou o porta-voz vaticano, Federico Lombardi.

EFE |

"Após uma queda esta noite em seu quarto, o Santo Padre sofreu uma leve fratura no pulso direito", informou Lombardi em comunicado no qual explica que, apesar da lesão, Bento XVI celebrou hoje a missa matinal e depois tomou café da manhã.

O papa foi levado ao Hospital de Aosta, não muito distante de Les Combes, onde a fratura foi diagnosticada e seu pulso direito foi imobilizado, contou Lombardi.

O pontífice, de 82 anos, foi submetido a um check-up completo.

Segundo fontes de saúde citadas pela imprensa local, nada mais foi detectado.

Logo após a divulgação da queda do papa, o porta-voz vaticano, Federico Lombardi, disse à Agência Efe que "não se trata de algo grave" e insistiu em que "não é necessário se preocupar".

Segundo as fontes, o papa entrou no hospital andando sozinho.

O pontífice se encontra na localidade de Les Combes, no Vale de Aosta, desde a segunda-feira passada, onde deve descansar até o dia 29, quando seguirá para a residência de verão de Castelgandolfo, a cerca de 30 quilômetros ao sul de Roma. EFE jl/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG