Bento XVI falará sobre pobreza e meio ambiente com os jovens

Sydney (Austrália), 13 jul (EFE).- O papa Bento XVI vai chamar a atenção dos jovens sobre a pobreza, a justiça e o meio ambiente durante a Jornada Mundial da Juventude, que acontece esta semana em Sydney, na Austrália.

EFE |

"Muitos jovens não têm esperança. Permanecem perplexos diante das perguntas que têm de responder de forma cada vez mais urgente em um mundo que lhes confunde, e estão freqüentemente inseguros sobre o caminho a seguir para encontrar uma resposta", assegurou o papa na mensagem que divulgou hoje aos jovens peregrinos que participarão da Jornada Mundial.

Na mensagem, distribuída no momento de sua chegada à Austrália, o líder religioso assinalou que muitos jovens "vêem a pobreza e a injustiça, e desejam encontrar soluções".

Além disso, esses jovens "vêem os grandes danos que a avareza humana causa ao meio ambiente, e lutam para encontrar um modo para viver em melhor harmonia com a natureza e com os demais".

Segundo Bento XVI, os jovens também sentem inquietações religiosas "e se perguntam como responder aos que lhes desafiam negando a existência de Deus".

Para encontrar as respostas para todas essas perguntas e desafios, o pontífice lembrou uma mensagem atribuída a Santo Agostinho, que dizia que "se queres permanecer jovem, procure Cristo".

"Em Cristo estão as respostas; estão as metas pelas quais vale realmente a pena viver e a força para continuar o caminho para um mundo melhor", acrescentou.

Bento XVI chegou hoje a Sydney para liderar a Jornada Mundial da Juventude.

O avião que levou o papa, um Boeing 777 da companhia Alitalia, aterrissou na Base Aérea de Richmond, 50 quilômetros ao noroeste de Sydney, às 15h (2h de Brasília).

Bento XVI foi recebido pelo primeiro-ministro, Kevin Rudd, o cardeal George Pell, arcebispo de Sydney, e outros líderes da Igreja Católica na Austrália.

O pontífice descansará por quatro dias em uma residência na localidade de Kenthurst, nos arredores de Sydney.

O papa voltará na quarta-feira a Sydney, e ficará hospedado na residência de George Pell.

Seu primeiro compromisso oficial será na quinta-feira, quando vai ser recebido pelas autoridades australianas. EFE alg/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG