Bento XVI e rei do Barein analisaram situação no Oriente Médio

Cidade do Vaticano, 9 jul (EFE).- O papa Bento XVI recebeu hoje em audiência, em Castelgandolfo, o rei do Barein, o xeque Hamad bin Issa al-Khalifa, com quem concordou na importância da colaboração entre cristãos, muçulmanos e judeus para alcançar a paz no Oriente Médio e no mundo todo, informou o Vaticano.

EFE |

O xeque Hamad bin Issa al-Khalifa se reuniu também com o secretário para as Relações com os Estados da Santa Sé ("ministro de Exteriores" do Vaticano), o arcebispo Dominique Mamberti.

Durante os encontros, Bento XVI e Mamberti agradeceram ao soberano bareinita a hospitalidade que ofereceu aos vários imigrantes cristãos que vivem no país, afirmou o Vaticano.

O Pontífice e o rei de Barein "reiteraram seu compromisso para favorecer o diálogo intercultural e inter-religioso", e destacaram "a importância da colaboração entre muçulmanos, cristãos e judeus para promover, no Oriente Médio e no mundo todo, a paz, a justiça e os valores espirituais e morais".

O rei do Barein convidou Bento XVI a visitar seu país, destacou o Vaticano em comunicado. EFE ebp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG