Bento XVI diz que esperança cristã não é uma ilusão, mas uma âncora

Roma, 4 mai (EFE).- O papa Bento XVI disse hoje que a esperança cristã fundada em Cristo não é uma ilusão, mas nela os fiéis têm um âncora em sua vida.

EFE |

Durante a reza do Regina Coeli, que substitui o Ângelus no tempo de Páscoa, Bento XVI lembrou que hoje se celebra em vários países a solenidade da ascensão de Cristo ao céu.

O papa disse que, em suas palavras de despedida a seus discípulos, Jesus insistiu "muito na importância de seu retorno ao pai, coroamento de sua missão".

Jesus veio ao mundo para "levar o homem a Deus, não em um plano ideal - como um filósofo ou um mestre de sabedoria -, mas realmente, como um pastor que quer reconduzir as ovelhas", acrescentou.

"Deus no homem e o homem em Deus: esta é agora uma verdade não teórica, mas real. Por isso a esperança cristã, fundada em Cristo, não é uma ilusão, mas (...) nela temos uma âncora de nossa vida", disse.

Milhares de membros da Ação Católica estiveram presentes na praça de São Pedro do Vaticano celebrando os 140 anos da fundação do grupo, e Bento XVI encorajou os fiéis a continuarem "com generosidade" em seu serviço à Igreja. EFE cr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG