Bento XVI diz que cobiça é a raiz da atual crise econômica

Cidade do Vaticano, 22 abr (EFE).- O papa Bento XVI disse hoje que a atual crise econômica é a prova de que a cobiça e a avidez são a raiz de todos os vícios e de todos os males, tanto para as pessoas como para a sociedade.

EFE |

A afirmação do Pontífice foi feita às cerca de 40 mil pessoas que, na Praça de São Pedro, no Vaticano, assistiram à audiência pública das quartas-feiras.

Nela, Bento XVI comentou a vida e a obra do monge Ambrosio Autperto, morto no ano 784 e que, além de mentor do futuro imperador Carlos Magno, foi autor de um livro sobre os vícios.

Fazendo menção ao livro "Conflictus", de Autperto, o papa disse que aqueles que têm avidez acham que "ter" é o mais importante valor do ser humano, junto com as falsas aparências. Ainda segundo o Pontífice, tudo isso destrói o mundo.

"A avidez é a raiz de todo o mal. Todos os vícios do homem provêm de uma única raiz, da cobiça, e podemos ver isso atualmente. A crise econômica mundial que vivemos mostra que tem sua raiz na avidez", afirmou Bento XVI. EFE jl/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG