valor irrenunciável da lei moral natural - Mundo - iG" /

Bento XVI destaca valor irrenunciável da lei moral natural

Cidade do Vaticano, 5 dez (EFE) - O papa Bento XVI ressaltou hoje o valor irrenunciável da lei moral natural, que oferece a garantia para se sentir defendido de qualquer manipulação ideológica ou de qualquer atropelo com base na lei do mais forte.

EFE |

O pontífice fez a declaração em discurso voltado aos membros da Comissão Teológica Internacional, que recebeu no Vaticano.

"Reitero a necessidade e a urgência de criar na cultura e na sociedade civil e política as condições indispensáveis para uma plena consciência do valor irrenunciável da moral natural", afirmou o papa.

O líder da Igreja Católica destacou que a lei "constitui a verdadeira garantia oferecida a cada um para viver livre e ter respeitada sua dignidade como pessoa".

Bento XVI acrescentou que a lei moral natural defende "de qualquer manipulação ideológica" e de qualquer "atropelo" cometido sobre a base da lei do mais forte.

O papa se referiu também ao "sentido e método da teologia", um dos temas analisados nos últimos anos pela Comissão Teológica Internacional.

Segundo ele, a opinião pública pede muitas vezes aos teólogos que promovam o diálogo entre as religiões e culturas, a justiça, a defesa do meio ambiente e contribuir ao desenvolvimento de uma ética "que tenha como coordenada a paz, a justiça e a defesa do meio ambiente".

Bento XVI acrescentou que, embora sejam preocupações legítimas, não se pode esquecer que a identidade da teologia não se encontra nesse nível de problemáticas e de exigências.

A característica essencial e imprescindível da teologia, destacou o papa, é expor a verdade da fé. EFE jl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG