sentimento sacro durante viagem à África - Mundo - iG" /

Bento XVI destaca sentimento sacro durante viagem à África

Cidade do Vaticano, 29 mar (EFE).- O papa Bento XVI falou hoje sobre sua recente visita à África, e destacou o forte sentimento sacro que se respirava nas celebrações litúrgicas, que definiu como uma característica comum em todos os povos africanos.

EFE |

O pontífice fez a declaração pouco antes de rezar o Ângelus junto com milhares de fiéis católicos, entre eles grupos africanos, que se reuniram na Praça de São Pedro, do Vaticano.

Além disso, ressaltou a "profunda emoção" que sentiu com as comunidades católicas e com a população de Camarões e Angola.

Bento XVI disse que "não é tempo de palavras e discursos", mas "chegou a hora decisiva pela qual o filho de Deus veio ao mundo, e apesar de sua alma estar perturbada, Ele se presta a cumprir até o final a vontade do Pai".

"Esta é a vontade de Deus: dar a vida eterna a nós que a perdemos. Para que isto aconteça, é necessário que Jesus morra, como um grão de trigo que Deus Pai semeou no mundo", afirmou o papa.

"Só assim poderá uma nova humanidade crescer, livre do domínio do pecado e capaz de viver em fraternidade como filhos e filhas do único Pai nos céus", acrescentou.

Na África, segundo o pontífice, foi possível experimentar esta nova humanidade, ali onde os missionários como Jesus continuaram dedicando sua vida ao Evangelho.

O papa agradeceu às pessoas de origem africana reunidas na Praça de São Pedro no final do Ângelus por seu apoio.

"Caros, quiseram vir para manifestar alegria e reconhecimento pela minha viagem apostólica à África. Agradeço de coração. Rezo por você e por suas famílias em seus países de origem", disse. EFE ebp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG