Bento XVI deixa a França após agradecer amparada

Tarbes (França), 15 set (EFE).- O papa Bento XVI iniciou hoje viagem a Roma após uma visita de quatro dias à França que o levou a Paris e a Lourdes, cidade na qual lembrou os 150 anos das aparições de Nossa Senhora.

EFE |

No aeroporto de Tarbes (sudoeste), Bento XVI foi cumprimentado pelo primeiro-ministro francês, François Fillon, com quem manteve uma reunião privada em uma sala do aeroporto, após o qual os dois pronunciaram discursos.

Fillon disse que esta visita de Bento XVI "foi para a França a confirmação de uma longa amizade" e destacou os vínculos pessoais do papa com a língua, a cultura e a "tradição intelectual" francesas.

"Uma separação fundamental da Igreja e do Estado não deve nos impedir de dialogar", ressaltou o primeiro-ministro francês, após lembrar a tradição laica da França, que recebeu o papa com "emoção e gratidão".

Após ressaltar a amparada e o tratamento recebidos, Bento XVI declarou que encontrou "um povo vivo de fiéis, orgulhosos e convencidos de sua fé".

"Vim para encorajá-los a que perseverem com coragem, vivendo as doutrinas de Cristo e de sua Igreja. Encontrei os jovens na praça de Notre Dame e seu entusiasmo e afeto me reconfortaram", disse o papa.

O avião da Air France que leva o papa a Roma decolou do aeroporto francês após as 13h20 (8h20 de Brasília).

jl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG