Bento XVI celebra missa para multidão no porto italiano de Brindisi

Cidade do Vaticano, 15 jun (EFE).- O papa Bento XVI celebrou hoje uma missa no píer do porto de Brindisi diante de 60 mil pessoas, durante sua visita pastoral de dois dias à região italiana da Apúlia.

EFE |

O papa chegou neste sábado a Brindisi, em sua décima viagem pastoral na Itália desde o início do Pontificado, uma cidade que há mil anos não recebia a visita de um Pontífice.

Durante a homilia de hoje, Bento XVI lembrou o amor de Cristo "por sua gente, especialmente pelos mais fracos e pobres".

No entanto, o papa quis destacar que a compaixão cristã não tem nada a ver com o "paternalismo" ou o "assistencialismo", mas é sinônimo de "compartilhar" e de "solidariedade".

Bento XVI disse que Deus quer que os homens se transformem em santos, mas destacou que "os doze apóstolos não eram homens perfeitos" e que não foram escolhidos devido a sua "irrepreensível moral", mas por serem "homens crentes, cheios de entusiasmo, apesar de ter limites humanos, inclusive graves".

"A Igreja é uma comunidade de pecadores que se encontram no amor de Deus e se deixam transformar por Ele, para assim se transformar em santos", acrescentou.

A visita do papa começou ontem com uma missa no santuário mariano de Santa Maria di Leuca, onde a tradição católica afirma que São Pedro chegou durante sua viagem para o Ocidente.

Bento XVI concluirá sua visita hoje à tarde, após uma reunião com os sacerdotes da região na catedral de Brindisi. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG