Bento XVI anuncia dez novos santos

O papa Bento XVI anunciou neste sábado durante um consistório a canonização neste ano de dez bem aventurados, indicou um comunicado do Vaticano.

AFP |

Um primeiro grupo de cinco bem aventurados, quatro italianos e um português, será canonizado no dia 26 de abril.

Os quatro italianos são o padre Arcangelo Tadini (1846-1912), fundador da Congregação das Irmãs Operárias da Santa Família, a religiosa Caterina Volpicelli (1839-1894), fundadora da Congregação das Escravas do Sagrado Coração, o teólogo Bernardo Tolomei (1272-1348), fundador da Congregação do Monte Oliveto e Gertrude Caterina Comensoli (1847-1903), fundadora das Irmãs Sacramentinas.

O carmelita português Nuno de Santa Maria Alvares Pereira (1360-1431) será canonizado no mesmo dia.

O segundo grupo de cinco bem aventurados será canonizado em 11 de outubro e inclui dois espanhóis.

Trata-se do dominicano Francisco Coll y Guitart (1812-1875) e do padre trapense Rafael Arnáiz Barón (1911-1938).

Nesse dia também serão canonizados a francesa Jeanne Jugan (1792-1879), fundadora das Pequenas Irmãs dos Pobres, o arcebispo polonês Zygmunt Szczesny Felinski (1822-1895) e o belga Jozef Damian de Veuster (1840-1889), membro da Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e Maria.

Desde o início de seu pontificado, Bento XVI proclamou 18 novos santos. Mas ao contrário de seu antecessor, João Paulo II, não preside as missas de beatificação, geralmente celebradas nos países de origem dos bem aventurados.

ljm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG