O Papa Bento XVI admitiu neste sábado ao receber seminaristas italianos que hoje em dia ficou mais difícil acreditar, segundo o texto de sua homilia publicado pelo Vaticano.

"O homem contemporâneo ainda sente a necessidade do Cristo e de sua mensagem?", perguntou neste sábado Bento XVI em um discurso pronunciado diante de futuros padres do sul da Itália.

"Hoje, certamente por motivos diversos, ficou mais difícil acreditar, e ficou mais difícil dedicar sua vida à causa do Evangelho", considerou o Papa.

Para Bento XVI, a maior culpada por esta situação é "uma certa cultura, que no contexto social atual quer nos mostrar a cara de uma humanidade auto-suficiente, desejosa de realizar seus projetos por seus próprios meios e de ser a única dona de seu destino, e que em conseqüência não reconhece a influência de Deus e o exclui de fato de suas decisões e de suas escolhas".

"O homem do terceiro milênio, como em todas as épocas, precisa de Deus, e ainda o procura sem se dar conta", prosseguiu o Papa, exortando os cristãos, e principalmente os padres, a "oferecer a todos, com os meios condizentes com as exigências de nossa época, a imutável, atual e viva palavra de vida do Cristo".

jflm/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.