Bento 16 visita templo protestante em Roma

O papa Bento 16 visitou, neste domingo, um templo protestante de Roma, 27 anos depois da histórica visita de seu antecessor, João Paulo II, para um encontro ecumênico com os seguidores de Martinho Lutero, o monge alemão que se desvinculou do catolicismo em 1517.

AFP |

Em um momento em que a Igreja católica da Alemanha se vê envolvida em uma série de escândalos de abusos sexuais e violência contra crianças em internatos entre 1970 e 1980, o pastor da comunidade luterana, de maioria alemã, Jens-Martin Kruse, pediu a católicos e protestantes que superem estes momentos difíceis.

O Papa, por sua vez, pediu para "rezar para que Deus nos dê o dom da unidade de todos os cristãos" e lamentou que as divisões "escureçam (seu) testemunho".

"Não deveríamos brigar, mas tentar nos unir mais", declarou, reconhecendo que católicos e protestantes têm ainda muitas divergências sobre "aspectos essenciais".

Esta foi a primeira vez que Bento 16 visitou este templo, mesmo depois de 1998, quando como prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, participou de um debate sobre o ecumenismo.

cj/jo/mvv

    Leia tudo sobre: bento 16

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG