Aos 84 anos, papa não navega na internet, mas pede que seus colaboradores façam buscas na rede mundial

O papa Bento 16, de 84 anos, não navega na internet, mas pede com frequência a seus colaboradores que façam buscas pela rede, revelou nesta segunda-feira o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. "O pontífice não usa internet, mas seus colaboradores, que são muitos, sim. Bento 16 continua escrevendo com caneta-tinteiro e lápis, mas reconhece a importância da internet e das novas tecnologias da comunicação e pede a seus colaboradores que busquem temas na rede", disse Lombardi durante a apresentação da mensagem do papa em decorrência do 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais.

A mensagem, que este ano faz referência à internet e às redes sociais, foi apresentada pelo arcebispo Claudio Maria Celli, presidente do Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais, que afirmou que Bento 16 "pertence a outra cultura". Celli afirmou que o papa tem uma letra muito pequena e que muitas vezes é necessário utilizar uma lupa para ler seus textos, mas que é um admirador das novas tecnologias.

A esse respeito, lembrou que em novembro, quando abençoou a nova unidade móvel da emissora de televisão do Vaticano, "CTV", que permitirá que todas as transmissões sejam em alta definição, o papa se interessou por todas as novidades. Há dois anos, o Vaticano criou um site que se conecta com o Facebook, através do qual os usuários podem trocar postais virtuais do papa, discursos e mensagens do pontífice. No portal também é possível receber notícias em formato de vídeo sobre o Vaticano e o Bento 16 e desde janeiro de 2009 o Vaticano conta com seu próprio canal no YouTube, no qual oferece breves notícias sobre suas atividades em espanhol, inglês, alemão e italiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.