Tamanho do texto

O papa Bento 16 recebeu nesta quarta-feira uma delegação muçulmana iraniana que está no Vaticano para participar de um colóquio com autoridades católicas sobre a fé e a razão no Cristianismo e no Islã, anunciou o Vaticano em um comunicado.

O Papa recebeu a delegação conduzida pelo presidente da Organização para a Cultura Islâmica de Teerã, Mahdi Mostafavi, ao fim de sua audiência geral.

De acordo com o comunicado, Bento XVI se mostrou "particularmente satisfeito com a escolha do tema" do colóquio, organizado de maneira conjunta sob a supervisão de Mahdi Mostafavi e do cardeal Jean-Louis Tauran, presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Interreligioso.

Em suas conclusões, os participantes ressaltaram principalmente que "tanto a fé como a razão são dons de Deus para a raça humana" e que são "intrinsecamente não-violentas".

"Nem a razão nem a fé devem ser utilizadas para justificar a violência" mesmo que "infelizmente elas possam ter sido mal utilizadas para este fim", acrescentaram.

Os representantes católicos e muçulmanos pediram também que os discursos sobre as diferentes religiões evitem as "generalizações" precipitadas, ressaltando que "as tradições religiosas não podem ser julgadas com base em apenas um versículo ou em um de seus livros santos".

Saiba mais sobre: papa Bento 16

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.