Che - Mundo - iG" /

Benicio del Toro comemora amparada em Hollywood do filme Che

San Juan, 25 jun (EFE).- O ator porto-riquenho Benicio del Toro disse hoje que está satisfeito com a amparada que Hollywood deu ao filme Che, durante um ato em San Juan de homenagem a sua mãe de criação, falecida em outubro passado, a renomada advogada Sarah Torres Peralta.

EFE |

"Estou satisfeito com o resultado final. O filme seguirá sendo visto", declarou o ator, de 42 anos, sobre a amparada do "mundo" de Hollywood a seu trabalho, após lamentar a repentina morte hoje do cantor Michael Jackson e de sua companheira de profissão Farrah Fawcett, a cujo marido disse conhecer bem.

Del Toro, que disse não que trabalha atualmente em nenhum projeto concreto, ressaltou que a morte de Jackson supõe "a morte de parte da música".

Com relação a Sarah Torres Peralta, que criou Benicio desde que a mãe biológica do ator morreu quando ele tinha 9 anos, lembrou que não a agradou inicialmente a ideia de que ele se tornasse ator.

"Quando disse que seria ator, ela não ficou muito contente", relembrou Del Toro, que explicou como Sarah, com o tempo, compreendeu seu desejo e inclusive colaborou em sua formação recomendando filmes, todos clássicos de grande categoria, ainda segundo o próprio ator. EFE arm/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG