Bengali é condenado a 40 chicotadas por limpar quiosque com bandeira saudita

Riad, 30 mar (EFE).- A Justiça da Arábia Saudita condenou a um bengali morador da cidade de Abhar, no oeste do país, a 40 chicotadas por limpas um quiosque com a bandeira nacional, que contém o nome de Alá.

EFE |

Nem a Procuradoria-Geral nem o condenado se opuseram à sentença, que deve ser aplicada sem nenhuma apelação de uma só vez em um lugar público.

O culpado se comprometeu, além disso, a não voltar a repetir o ato, que segundo o tribunal, significa falta de respeito ao nome de Alá, já que a bandeira saudita contém a frase "não há Deus senão Alá e Maomé é seu profeta".

O condenado havia sido preso em flagrante pela Polícia saudita limpando seu quiosque com a bandeira. EFE as/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG