Bélgica: riscos de contaminação por vazamento de iodo radioativo

As autoridades belgas emitiram uma advertência sobre o risco de contaminação em Fleurus, sul do país, após um vazamento de iodo radioativo no fim de semana passado, que foi apresentado inicialmente como inofensivo para a população.

AFP |

Policiais em veículos com alto-falantes divulgaram mensagens pelas ruas de Fleurus pedindo aos moradores que não consumam verduras de suas hortas, nem água da chuva e nem o leite de granjas dos arredores até nova ordem, indicou à AFP o prefeito desta cidade de 20.000 habitantes, Jean-Luc Borremans.

Estas medidas, anunciadas quase uma semana depois do incidente, são válidas também para vários povoados situados num raio de 5 km em torno de Fleurus, uma pequena cidade da região de Charleroi.

"As pessoas estão preocupadas, é normal. Tudo o que está relacionado ao nuclear assusta, mas confio nos profissionais que me disseram que a situação está sob controle e que se trata apenas de uma medida de precaução", explicou Borremans.

O incidente ocorreu no fim de semana passado quando resíduos de iodo radioativo foram detectados por funcionários do Instituto de Radioelementos (IRE) de Fleurus, uma instituição que produz radioelementos utilizados sobretudo para a detecção e o tratamento do câncer, exportados a inúmeros países.

siu/lm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG