Bélgica envia missão para preparar retirada de crianças em Gaza

Bruxelas, 9 jan (EFE).- Uma equipe de nove especialistas do mecanismo de intervenção humanitária de urgência da Bélgica viajou hoje ao Egito para preparar a retirada de crianças feridas na Faixa de Gaza.

EFE |

O Governo belga autorizou hoje a operação, que trabalhará com autoridades locais, hospitais, ONGs e a Cruz Vermelha Internacional.

"O objetivo é iniciar muito em breve - possivelmente já neste fim de semana - a retirada das crianças para que sejam encaminhadas a hospitais belgas", indicou em comunicado o primeiro-ministro, Herman Van Rompuy.

Tanto o Executivo israelense como egípcio prometeram apoio à iniciativa.

No avião que leva a delegação belga também viaja uma equipe formada por médicos, enfermeiros, intérpretes, pessoal logístico e um coordenador, além de material humanitário para reforçar o hospital da cidade de El-Arish, situada a 60 quilômetros da fronteira sul de Gaza.

Este hospital recebe mais de cem crianças palestinas que foram retiradas da Faixa de Gaza após o início da ofensiva israelense.

"Vamos avaliar seu estado de saúde e determinar se são trasladáveis, se é possível ampliar o material do hospital e iniciar uma cadeia de retirada para a Europa", explicou o coordenador da equipe, Geert Gijs.

O avião belga transfere duas unidades médicas - cada uma com material necessário para tratar 10.000 pessoas por três meses - e tendas de 27 metros quadrados para atenuar a falta de camas no hospital. EFE vl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG