Bélgica bloqueia pela 1ª vez uma página de internet

Bruxelas, 22 abr (EFE).- As autoridades belgas bloquearam pela primeira vez uma página de internet, criada recentemente para indicar os pedófilos que vivem em pontos específicos do país, informa hoje a imprensa local.

EFE |

Quatro domínios diferentes da página "stopkinderporno" foram bloqueados por 17 provedores de internet a pedido da Unidade Federal de Crimes de Informática, acrescentam os meios de comunicação.

A decisão foi adotada depois de o Ministério da Justiça abrir em março uma investigação sobre o possível atentado à vida particular, quando a página informou que um condenado por pedofilia vivia em uma área concreta da pequena cidade de Elezelles (sul).

A página foi criada recentemente na Bélgica pelo holandês Chris Hölsken, seguindo o modelo que já usou em seu país, onde também recebeu críticas.

A organização belga de defesa da infância Child Focus também criticou esta página, à qual catalogou como "antidemocrática e contraproducente". EFE rcf/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG