Belga que degolou os cinco filhos é declarada culpada

A belga Geneviève Lhermitte, que degolou seus cinco filhos em fevereiro de 2007, foi declarada culpada de homicídio premeditado pelo júri do tribunal penal de Nivelles (sul da Bélgica), o que pode levar a uma condenação à prisão perpétua.

AFP |

Os 12 membros do júri acharam que a belga de 42 anos agiu no domínio de suas faculdades e de forma premeditada, e que era responsável por seus atos e que não podia ser considerada demente.

Deste modo, não levaram em conta o relatório entregue pelos psiquiatras, segundo o qual Geneviève Lhermitte sofria de transtornos de discernimento e era irresponsável quando cometeu os crimes.

Lhermitte, que tentou suicídio depois de degolar seu filho e quatro filhas - entre 3 e 14 anos -, ouviu o veredicto sem demonstrar qualquer emoção.

Leia mais sobre infanticídio

    Leia tudo sobre: infanticídio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG