Bebê peruano com três pernas passa por cirurgia de amputação

Lima, 22 mai (EFE).- A bebê peruana que nasceu há uma semana com alguns órgãos de uma irmã siamesa que não terminou de se formar foi operada para que fosse amputada uma das três pernas com as quais nasceu, e se recupera bem em Lima, informou hoje o Ministério da Saúde.

EFE |

Esmidia Rojas Fonseca, nascida em Cajamarca, se encontra estável e demonstra uma melhoria evidente, depois de ter sido submetida nesta quinta-feira à cirurgia no Instituto Nacional de Saúde da Criança, na capital peruana, declarou o diretor desse centro médico, Roberto Shimabuku.

"Foi retirada a perna excedente da menina e os outros órgãos estranhos: o início de uma coxa, pélvis e genitália. Está consciente, responde com um choro normal e hoje recomeça a alimentação", acrescentou o médico em boletim.

"A operação durou uma hora e estamos satisfeitos com o sucesso do procedimento, que, além disso, foi um alívio a sua família", disse Shimabuku.

A menina chegou na quinta a Lima acompanhada do pai, um humilde agricultor, enquanto a mãe ficou na comunidade de El Pande, na província de Chota, ao cuidado do resto da família.

O diretor do centro médico infantil explicou que a menina será avaliada nas próximas semanas para verificar se existe alguma complicação no tubo neural que requeira outra operação e se assegurar de que volte para casa para levar uma vida normal. EFE mmr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG