BC argentino recorrerá da confirmação de embargo nos EUA

Buenos Aires, 7 abr (EFE).- O Banco Central da Argentina apelará da confirmação de um embargo a uma conta sua determinado hoje pelo juiz Thomas Griesa, de Nova York.

EFE |

Porta-vozes da autoridade monetária confirmaram à Agência Efe que a decisão será apelada "nas próximas horas". Griesa optou pela confirmação do embargo a pedido de dois fundos de investimento especulativos credores da Argentina.

O juiz nova-iorquino confirmou hoje o embargo de uma conta do Banco Central nos Estados Unidos em US$ 105 milhões, disposto em 2006 dentro de uma ação aberta pelos fundos de investimento EM e NML Capital.

"A apelação que o Banco Central vai apresentar conta com um antecedente, que foi o levantamento do embargo a contas da Administração Nacional de Segurança Social (Anses) com o qual se reverteu outra decisão de Griesa", acrescentaram.

Vários fundos especulativos iniciaram desde 2002 processos nos EUA para tentar cobrar a Argentina depois que o país declarou, no final de 2001, uma milionária moratória dentro uma severa crise econômica e política.

Em 2005, a Argentina reestruturou sua dívida com a maior parte de seus credores privados, mas entidades com bônus de até US$ 20 bilhões, em grande parte de fundos especulativos, não aceitaram a operação e muitas optaram pela estratégia de ir à Justiça. EFE nk/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG