United Airlines e Continental anunciam fusão

Duas das maiores companhias aéreas dos Estados Unidos - United e Continental - confirmaram nesta segunda-feira que pretendem se unir para formar a maior empresa do setor no mundo. A nova companhia aérea manterá o nome United Airlines e terá sua sede na cidade de Chicago.

BBC Brasil |

Ela levará passageiros para até 370 cidades em todo o mundo, transportando 144 milhões de passageiros. A fusão cria a maior empresa do mundo se considerada a relação entre número de passageiros e milhas percorridas. O presidente-executivo da Continental, Jeff Smisek, ficará à frente da nova empresa, e seu colega da United, Glenn Tilton, presidirá a junta diretora. Tilton qualificou o negócio, no valor de US$ 3,2 bilhões, de "maravilhoso (...) para nossos clientes, nossos funcionários, nossos acionistas e nossas comunidades". "Nós estamos criando uma companhia aérea mais forte, mais eficiente - tanto operacionalmente quanto financeiramente -, melhor posicionada para ter êxito em uma indústria global da aviação dinâmica e altamente competitiva", afirmou. A fusão ainda tem que ser aprovada por órgãos reguladores americanos. Demissões As duas empresas possuem hoje um total de 86 mil funcionários. Elas não deram detalhes sobre possíveis demissões, mas afirmaram esperar que o impacto sobre os funcionários que cuidam do atendimento ao público seja "mínimo". As companhias dizem que a redução do quadro de pessoal deve partir de aposentadorias e demissão voluntária. O jornal americano Wall Street Journal já havia antecipado a fusão. O analista do setor aéreo da FBE Aerospace, Saj Ahmad, disse que "este negócio deverá trazer uma consolidação muito necessária para a indústria da aviação dos Estados Unidos, que sofre de um excesso de oferta crônico". "Este anúncio coloca outras empresas como American Airlines e US Airways em alerta para saber quem faz o próximo negócio", acrescentou. No mês passado, a companhia aérea britânica British Airways e a empresa espanhola Iberia aderiram à tendência de consolidação e se uniram para criar a maior companhia aérea da Europa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG