Turquia fecha primeiro hotel nudista em país muçulmano

O primeiro hotel nudista em um país muçulmano foi fechado apenas seis dias depois de sua inauguração, na Turquia. O hotel, perto do resort turístico de Marmaris, foi fechado pelas autoridades locais sob a alegação de que uma de suas sacadas não combinava com o projeto original do prédio.

BBC Brasil |

selo

O proprietário, Ahmed Kossher, alegou que vai tentar reabrir o estabelecimento. De acordo com o correspondente da BBC em Istambul Jonathan Head, a prática do nudismo no mundo muçulmano é impossível fora de casa. Inspeção Mas Kossher esperava mudar este comportamento com a construção de seu hotel nudista com 64 quartos. Ele afirmou que vários hóspedes em seus outros hotéis já tinham manifestado interesse no projeto e os moradores da região não apresentaram nenhuma objeção ao nudismo, desde que os turistas ficassem dentro do terreno do hotel e em uma praia particular das proximidades. Cidadãos turcos não poderiam ficar no hotel e os funcionários trabalhavam completamente vestidos. Mas, segundo Head, as autoridades locais tinham outras opiniões sobre o local. Durante uma inspeção eles viram que uma das sacadas do hotel não obedecia ao projeto do arquiteto e, com isso, fecharam o estabelecimento. Com o fechamento, os primeiros 12 hóspedes foram obrigados a procurar um hotel convencional. Kossher, por sua vez, alegou que todos os outros hotéis operam na região sem todas as licenças necessárias e, no entanto, não são fechados. E acrescenta que não foram feitas reclamações contra seu hotel. A região recebe dezenas de milhares de turistas europeus todos os anos. O proprietário do hotel ainda espera superar as objeções do governo. Se isto não ocorrer, Kossher promete reabrir o hotel em outro país.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG