Turista desaparecida por sete semanas é encontrada nos EUA

Caminhonete de Rita Chretien quebrou em uma área remota do país. Equipes buscam agora seu marido, Bryant

BBC Brasil |

selo

Uma turista canadense de 56 anos de idade desaparecida desde março foi encontrada viva em uma área remota dos oeste americano, segundo a imprensa local. Segundo o jornal americano Idaho Stateman, Rita Chretien se recupera no hospital. Equipes de resgate seguem procurando por seu marido, Bryant.

A caminhonete do casal quebrou em uma estrada quando eles viajavam pela região rumo a Las Vegas, segundo a polícia. Albert, de 59 anos, deixou a esposa no veículo para procurar ajuda. Caçadores encontraram a mulher e alertaram a polícia. Ela foi transportada de helicóptero até um hospital. A polícia disse que as condições meteorológicas na região, uma das menos povoadas dos EUA, incluíram chuva, neve e temperaturas muito baixas.

Um dos filhos do casal, Raymond, disse à agência Associated Press que a mãe perdeu de 9 a 14 kgs durante as sete semanas e classificou o fato de ela ser encontrada viva como “um milagre”. Ela teria sobrevivido consumido a pequena quantidade de sanduíches que o casal levava para a viagem.

    Leia tudo sobre: euadesaparecidaturista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG