Tempestades de neve trazem caos ao nordeste dos EUA

Fortes nevascas atingiram o nordeste americano pelo terceiro dia consecutivo nesta quarta-feira, trazendo caos e provocando o fechamento de diversos prédios do governo. Estimativas sugerem que a paralisação esteja custando US$ 100 milhões por dia ao governo americano, em perda de produtividade e outros custos.

BBC Brasil |

O Serviço de Meteorologia Nacional (National Weather Service) alertou que a nevasca e os fortes ventos que chegam a atingir mais de 100 km/h podem causar mortes.

Na cidade de Baltimore, no estado de Maryland, apenas veículos de emergência são permitidos de circular nas ruas.

Na capital, Washington, o sistema de transporte público foi bastante afetado - diversas linhas de ônibus foram canceladas e o metrô foi parcialmente suspenso. Milhares de casas permanecem sem energia.

O aeroporto Dulles, nas proximidades de Washington, foi fechado por 24 horas.

A Câmara dos Representantes cancelou as votações da semana e o Senado deve retomar seus trabalhos somente na quinta-feira. Agências federais permanecem fechadas.

A Guarda Nacional convocou 200 de seus homens para ajudar a limpar ruas da capital americana.

Nova York
Em Nova York, as escolas fecharam pela terceira vez em seis anos por causa do mau tempo.

À medida que a tempestade foi se aproximando dos Estados do nordeste americano, na terça-feira, surgiram relatos de que a população estaria armazenando mantimentos.

As Nações Unidas disseram que seus escritórios na cidade permanecerão fechados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG