Soldado que virou Miss Inglaterra vai voltar à vida militar

Após um ano de 'brilho e glamour', Katrina Hodge diz que está pronta para retomar suas funções no Exército britânico

BBC Brasil |

selo

Uma soldado que já serviu no Iraque e foi coroada Miss Inglaterra 2009 anunciou que vai trocar os vestidos de gala por botas de combate e voltar à vida militar. Depois de um ano como miss, Katrina Hodge, de 23 anos, passou a coroa para sua sucessora, Jessica Linley, e está pronta para retomar suas funções no Exército.

Getty Images
Katrina Hodge em agosto de 2010
"Obviamente, estou um pouco nervosa, porque vivi uma vida diferente por um ano, mas estou animada porque eu senti falta do meu trabalho. Estou um pouco apreensiva, mas feliz, também", disse Hodge.

A soldado e modelo, que recebeu o apelido de Combat Barbie (Barbie de Combate), depois de ter sido condecorada por bravura por sua atuação no Iraque, diz que continua a mesma pessoa de sempre. "Eu tive um ano de brilho e glamour, mas esse tipo de coisa não dura. O Exército é uma carreira para mim", disse ela.

"Eu queria fazer isso (participar do concurso de Miss) para quebrar estereótipos e mostrar que, se você quer alguma coisa, você pode", disse ela à BBC. "Eu acho que muitas meninas pensam que não podem ser militares porque são muito femininas, não vão conseguir. Eu queria mostrar que é possível, porque, na verdade, eu sou muito feminina."

Segundo lugar

Katrina Hodge tinha inicialmente ficado em segundo lugar na competição de miss de 2009, mas acabou recebendo o título depois que a vencedora original se envolveu em um escândalo e entregou a coroa.

Rachel Christie foi acusada de se envolver em uma briga com a Miss Manchester Sara Beverley Jones em uma boate, em novembro de 2009. Katrina Hodge passou então a ser a Miss Inglaterra e representou o país no concurso Miss Mundo 2009, vencido pela candidata de Gibraltar.

    Leia tudo sobre: grã-bretanhaexércitomiss

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG