Site 'para pessoas bonitas' diz ter expulsado 30 mil 'feios'

Segundo BeautifulPeople.com, rede teria sido atingida por vírus Shrek, que deixou milhares se cadastrarem sem testes de beleza

BBC Brasil |

selo

Um site de relacionamentos sociais na internet que se diz exclusivo para pessoas bonitas diz ter sido obrigado a expulsar 30 mil usuários que teriam conseguido se cadastrar por engano. O site BeautifulPeople.com pede aos usuários existentes que votem para avaliar se as pessoas que querem entrar na rede são suficientemente bonitas.

Cortesia da BeautifulPeople.com
BeautifulPeople.com diz ter 700 mil membros e afirma que 5,5 milhões já foram rejeitados
Segundo a direção do site, sua rede teria sido atingida por um vírus chamado Shrek, que teria deixado milhares de pessoas se cadastrarem sem passar pelo teste de beleza. Esses usuários teriam recebido um e-mail pedindo desculpas e dizendo que eles foram admitidos por engano. Os administradores da rede dizem que, até agora, 5,5 milhões já teriam tido seus pedidos para entrar no site rejeitados. A rede contaria apenas com 700 mil membros.

Vírus Shrek

"Ficamos desconfiados quando dezenas de milhares de novos membros foram aceitos, muitos dos quais não eram exatamente uma pintura", afirmou o diretor do site, Greg Hodge. "Respondemos imediatamente, reparando os danos provocados pelo vírus Shrek e submetendo todos os novos usuários à votação", afirmou.

Segundo ele, a empresa "lamenta sinceramente pelas pobres pessoas que foram incorretamente admitidas no site e que acreditaram, ainda que por pouco tempo, que eram bonitas". "Deve ser difícil de engolir, mas é melhor que elas tenham chegado perto do paraíso do que nunca ter experimentado a sensação", diz.

A empresa diz que investiga um ex-funcionário pela suposta origem do vírus e afirma que o problema afetou apenas o sistema de votações e não colocou em risco as informações pessoais dos usuários.

Segundo o site, a maioria dos usuários aceitos incorretamente eram americanos - 11.924 pessoas. Os brasileiros - 2.911 no total - seriam a terceira nacionalidade com mais usuários aceitos incorretamente. A rede afirma que, na média, um em cada sete cadastros são aprovados.

A maioria dos membros aceitos seria dos Estados Unidos, da Dinamarca e da França, enquanto os países com maior índice de rejeição seriam Grã-Bretanha, Rússia e Polônia.

    Leia tudo sobre: BeautifulPeople.comsiteinternet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG