Salvamento de cadela envolve 40 profissionais de hospital na Grã-Bretanha

Uma equipe de 40 profissionais de um hospital veterinário da Grã-Bretanha foi mobilizada para salvar a vida de uma cadela que foi atropelada. Ruby, uma Lurcher de 3 anos de idade, passou cinco semanas se recuperando do acidente, que a deixou com fraturas em duas patas, no osso esterno e em um dedão, além de uma hemorragia interna nos pulmões, ruptura em ligamentos e um deslocamento do joelho.

BBC Brasil |

Ela recebeu quatro placas de metal e parafusos para reparar as fraturas e teve um pedaço de pele enxertado para cobrir uma ferida.

Os custos do tratamento no Queen's Veterinary School Hospital, em Cambridge, chegaram a 11 mil libras (ou quase R$ 30 mil).

'Confusão'
A dona da cadela, a joalheira Vanessa Gillespie, tinha um plano de saúde veterinário que cobriu o tratamento.

Segundo ela, Ruby estava sempre "se metendo em confusão".

"Tivemos que colocar uma cerca elétrica em torno do nosso jardim porque ela sempre saltava para fora, mas no dia do acidente estava na casa de amigos nossos e fugiu em direção à estrada", contou Gillespie.

Ruby agora passa por visitas frequentes ao hospital.

A cirurgiã ortopédica Heidi Radke, que fez parte da equipe que cuidou de Ruby, disse estar confiante que a cadela conseguirá se recuperar completamente.

"Seu joelho esquerdo, que sempre foi instável, provavelmente será mais fraco que o direito. Mas espero que ela volte à forma dentro de três meses", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG