Com hematomas e hipotérmico por enfrentar temperaturas de até -41ºC, jovem de 20 anos foi preso no aeroporto de Heathrow, Londres

selo

Um romeno de 20 anos conseguiu viajar escondido no trem de pouso de um avião entre Viena, na Áustria, e Londres, na Grã-Bretanha, sobrevivendo a temperaturas de até -41ºC.

Acredita-se que o homem somente conseguiu sobreviver à viagem de cerca de 1h30 porque a aeronave voou a uma altitude baixa, para evitar uma tempestade, enfrentando assim temperaturas menos baixas.

O romeno foi detido ao ser descoberto na chegada ao aeroporto de Heathrow, a oeste de Londres, no domingo. Ele tinha alguns hematomas e sofria de hipotermia, segundo relatos divulgados pela imprensa austríaca. Segundo afirmou à BBC um porta-voz da Polícia Metropolitana de Londres, o homem deverá ser multado antes de ser entregue ao serviço britânico de imigração.

Trabalho

O homem teria aparentemente passado por um buraco na cerca do aeroporto de Schwechat, em Viena, antes de subir no trem de pouso do primeiro avião que viu, sem saber o seu destino.

O avião pertencia a um xeque dos Emirados Árabes Unidos e estava estacionado na pista do aeroporto austríaco desde quinta-feira. Ele voou sem passageiros para Londres, onde o romeno teria caído do avião após o pouso, antes de ser preso. Segundo a imprensa austríaca, o homem disse que queria apenas sair de Viena para procurar trabalho em outro lugar.

A Romênia é membro da União Europeia desde 2007, mas a maioria dos países do bloco ainda adota restrições à imigração de romenos para trabalhar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.