Região espanhola da Catalunha proíbe touradas

Votação resulta de petição que descreve touradas como "bárbaras e antiquadas"; defensores afirmam que prática é tradição espanhola

BBC Brasil |

selo

O Parlamento da região autônoma da Catalunha decidiu nesta quarta-feira proibir as touradas, transformando a província na primeira região da Espanha continental a banir a prática. A votação foi resultado de uma petição levada ao Parlamento com a assinatura de 180 mil pessoas que diziam que a prática é bárbara e antiquada.

Aqueles que são favoráveis às touradas insistem que as corridas, como são chamadas na Espanha, são uma tradição importante que deve ser preservada. Grupos pró-touradas temem que a proibição possa inspirar uma onda de campanhas semelhantes no resto da Espanha. Eles dizem que as touradas são uma forma de arte e que a medida ameaça o meio de vida de milhares de pessoas. A proibição começa a ter efeito em janeiro de 2012.

Consciência

A medida foi aprovada por 68 votos contra 55, com nove abstenções. A votação foi apertada porque os dois principais partidos presentes no Parlamento suspenderam a fidelidade partidária, tomando a rara decisão de permitir que seus membros votassem de acordo com suas consciências.

Mas, enquanto o debate oficial é sobre os direitos dos animais, muitos acreditam que o processo seja uma tentativa da Catalunha - onde há um movimento nacionalista pró-independência - marcar sua diferença do resto da Espanha, rejeitando uma das mais conhecidas tradições do país.

A principal arena de touradas de Barcelona é uma das mais antigas da Espanha, mas o apoio à prática vem caindo entre os moradores da cidade.

    Leia tudo sobre: espanhatouradascatalunha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG