Presidente da Nigéria 'está morto', diz assessor

O presidente da Nigéria, Umaru Yar'Adua, morreu nesta quarta-feira, segundo relatos vindos do país e confirmados à BBC por um assessor da Presidência. O porta-voz, que não quis ser identificado, disse que Yar'Adua está morto, apesar de ainda não haver nenhum anúncio oficial.

BBC Brasil |

O ministro da Informação do país também confirmou a morte do mandatário. Yar'Adua, que se tornou presidente em 2007, sofria de uma doença cardíaca e estava internado desde novembro. O vice-presidente Jonathan Goodluck assumiu a Presidência interina da Nigéria a pedido do Parlamento, do Senado e da Câmara em fevereiro, quando ficou claro que Yar'Adua não tinha condições de voltar a assumir o cargo. Quando assumiu o poder, Jonathan disse que praticaria um bom governo, com transparência, e que combateria a corrupção de maneira mais rígida. Na ocasião, havia expectativa de que posse de Jonathan poderia acabar com a uma crise constitucional e à paralisia política que atinge o país. Esta crise ameaçou até o progresso feito para paralisar os confrontos na turbulenta região do delta do Rio Níger, rica em petróleo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG