Prefeita americana se suicidou após matar a filha, diz polícia

Segundo a polícia, família havia sofrido um trauma com a perda do pai, vítima de câncer, em 2008

BBC Brasil |

selo

A prefeita de uma cidade do Texas, nos Estados Unidos teria cometido suicídio após matar a filha de 19 anos, segundo a polícia local.

O corpo de Jayne Peters, de 55 anos, foi encontrado na noite de terça-feira, com o corpo de sua filha Corinne, depois de policiais terem sido enviados à sua casa, na cidade de Coppell, após ela faltar a uma reunião.

A conclusão da perícia, segundo a polícia, aponta o foco das investigações para o assassinato seguido de suicídio, mas outras possibilidades também estão sendo consideradas.

Bilhetes

A emissora KTXA, afiliada da CNN, reportou que, ao chegarem à residência da prefeita de Coppell, ao noroeste de Dallas, os policiais encontraram um envelope com um bilhete e a chave da casa na porta da frente. Outros bilhetes foram encontrados no interior da casa.

Segundo o jornal Dallas Morning News, os bilhetes não faziam referência às mortes e davam apenas instruções sobre como cuidar dos dois cachorros da família, encontrados no local.

Ainda segundo o jornal, a filha da prefeita planejava estudar na Universidade do Texas, em Austin, e a família havia sofrido um baque com a perda do pai, vítima de câncer, em 2008. De acordo com os policiais, não havia sinais de arrombamento na casa.

    Leia tudo sobre: morteestados unidostexas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG