Cerca de 150 jovens se reuniram em um bar perto de uma rodovia nos arredores da capital cubana, Havana para assistir ao primeiro show do polêmico grupo de rap Los Aldeanos a ser autorizado pelo governo. As letras da banda falam de questões sociais que geralmente não são discutidas em Cuba, como prostituição, desigualdade e corrupção.

Os Los aldeanos são marginalizados pela mídia cubana e nunca foram tocados nas rádios públicas. Mesmo assim, são um dos grupos mais ouvidos no país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.