Pára-quedistas se enroscam a 900 metros do chão e morrem em queda

Emma Bramley, 31, e Brian Laithwaite, 65, faziam parte de um grupo de 14 pessoas que saltou próximo da cidade de Nottingham

BBC Brasil |

Dois pára-quedistas britânicos morreram depois que seus equipamentos ficaram enroscados durante um salto. Emma Bramley, 31, e Brian Laithwaite, 65, eram pára-quedistas experientes. Bramley havia feito mais de 250 saltos, enquanto Laithwaite, com 40 anos de experiência, já havia sido instrutor de pára-quedismo.

Os dois faziam parte de um grupo de 14 pessoas que saltou próximo da cidade de Nottingham, no centro da Inglaterra, na tarde da sexta-feira. A mais de 900 metros de altitude, os dois pára-quedas ficaram enroscados.

Testemunhas dizem que o de Laithwaite abriu, mas isto não foi suficiente para parar a queda dos dois. "Emma estava presa sob Brian, pendurada pelo próprio pára-quedas, que estava enroscado com parte do equipamento de Brian", disse à BBC o diretor do centro de pára-quedismo do qual os dois faziam parte, Dave Hickling, que testemunhou a queda em terra. "Emma estava rodopiando bem rápido. Depois, ambos começaram a acelerar em direção ao chão, e nesse momento eu os perdi de vista."

Emma Bramley tinha dois filhos de seis e oito anos e planejava se casar neste ano com seu parceiro. Brian Laithwaite saltava quase todos os fins de semana, registrando milhares de saltos bem-sucedidos. Hickling, do centro de pára-quedismo, afirmou que já houve casos em que dois pára-quedistas conseguiram sobreviver ao pouso com apenas um equipamento.

"Foi um desses incidentes do qual você simplesmente não consegue escapar", afirmou ele à imprensa britânica. "Tudo o que causa morte ou lesões é injusto, mas não é totalmente inesperado, porque sempre há a possibilidade de ocorrer", lamentou. Ele disse que, em mais de 30 anos de existência do centro, foi o primeiro caso em que dois pára-quedas se enroscaram. Em setembro de 2008, outro pára-quedista experiente morreu de lesões sofridas na cabeça durante a queda.

    Leia tudo sobre: iGinglaterra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG