Ônibus espacial Atlantis inicia sua última missão

Missão deve durar 12 dias e levará suprimentos e equipamentos russos à ISS

BBC Brasil |

selo

O ônibus espacial Atlantis foi lançado nesta sexta-feira na Flórida, Estados Unidos, para realizar aquela que deve ser sua última missão. A decolagem aconteceu no Kennedy Space Center por volta de 14h20, horário local (15h20 em Brasília).

Durante a missão, que deve durar doze dias, os seis astronautas da Atlantis levarão suprimentos, peças e um novo laboratório russo para a Estação Espacial Internacional (ISS). Este foi o terceiro dos cinco lançamentos de ônibus espaciais programados para este ano.

A Nasa também prevê, até o fim de 2010, missões do Discovery e do Endeavour. Depois disso, a frota de ônibus espaciais deve ser aposentada pela Nasa, e as naves serão levadas para museus.


© AP
Momento do lançamento do ônibus espacial Atlantis: última missão
Lançamento
Uma multidão se reuniu nesta sexta-feira nas estradas que levam ao Kennedy Space Center e em praias das proximidades para acompanhar o lançamento do Atlantis. "Em nome de todas as equipes de fabricação, processamento, voo e lançamento que trabalharam no Atlantis desde março de 1980, eu quero desejá-los boa sorte. Divirtam-se um pouco lá em cima", disse o diretor de lançamentos da Nasa, Mike Leinbach, ao autorizar a decolagem.

O comandante da missão, Ken Ham, respondeu brincando pelo rádio: "Se você não se importar, a levaremos (a Atlantis) para dar algumas voltas a mais em volta do planeta". O ônibus espacial decolou sem nenhum problema aparente, atingindo a altitude de 220 km.

No segundo dia da missão, a equipe de bordo deve utilizar um braço robótico munido de um sensor para checar a integridade da parte externa do veículo. O Atlantis deve atracar na Estação no terceiro dia da missão.

Política
O presidente Barack Obama anunciou uma nova política de exploração espacial que pretende levar astronautas além da EEI, em direção a asteroides e Marte. Os ônibus espaciais, que estão em operação desde 1981, não podem cumprir esse papel.

Ainda como parte desta política, está sendo solicitado que a Nasa deixe para empresas privadas o trabalho de levar e trazer astronautas da ISS para se concentrar em veículos que possam atingir maiores distâncias.

O astronauta veterano Jerry Ross, que fez cinco de seus sete voos espaciais com o Atlantis - mais do que qualquer outra pessoa -, afirmou lamentar que o programa esteja chegando a um fim. "Os ônibus espaciais parecem estar voando como sempre voaram. Nós estamos fazendo missões mais longas e tendo menos problemas", disse ele em uma coletiva de imprensa antes do lançamento.

"Como eu disse, nós teremos muitas opiniões diferente sobre o que está acontecendo. Minha opinião é que os ônibus espaciais cumpriram sua missão. É tempo de usarmos algo diferente."

Esta é a 32ª missão do Atlantis desde que ele entrou em operação, em 1985. Após retornar à Terra, o Atlantis não irá diretamente para um museu. Primeiro ele será preparado para ser usado em uma emergência, caso seja necessário resgatar os astronautas da missão Endeavour, em novembro. O próximo lançamento de um ônibus espacial será o do Discovery, programado para setembro.

    Leia tudo sobre: ônibus espaciaisNasaEstação Espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG