Dez ursos-negros-asiáticos foram resgatados de uma fazenda na província de Shandong, na China, por uma organização de defesa dos direitos dos animais. Os animais eram mantidos para coleta de bile.

Segundo a Animals Asia Foundation, tubos de metal eram inseridos na vesícula biliar dos ursos para retirar a secreção. A bile de urso é muito usada pela milenar medicina tradicional chinesa para tratar problemas de fígado, infecções nos olhos, febre e outros sintomas.

A libertação só foi possível depois de negociações entre a ONG e autoridades do governo. Ativistas afirmam que esta seria a última fazenda de produção de bile da província de Shandong. Ao todo, 20 províncias chinesas já não têm mais este tipo de atividade.

Assista ao vídeo:

Vários animais apresentavam feridas abertas no abdômem ao serem retirados das jaulas, alguns de acordo com os ativistas, se balançavam nas jaulas para aliviar a dor.

Os ursos resgatados foram levados para um abrigo para animais, mas um deles estava tão fraco que teve que ser operado ainda no caminho, na beira da estrada.

A Animals Asia Foundation foi fundada há 12 anos e já resgatou quase 180 ursos, fechando mais de 40 fazendas de extração de bile.

O material tem grande demanda na China, no Japão e na Coreia, mas atualmente, segundo ativistas, já existem 50 substitutos naturais e sintéticos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.