Obama e Hu discutem questão nuclear do Irã

O presidente americano, Barack Obama, recebeu o presidente chinês, Hu Jintao, em uma reunião bilateral em que foram discutidas a questão nuclear iraniana e a desvalorização da moeda chinesa em relação ao dólar. Depois do encontro, a Casa Branca disse que os dois líderes orientaram seus diplomatas a trabalhar em uma possível nova rodada de sanções.

BBC Brasil |

Os chineses, porém, foram menos enfáticos. Reiteraram a defesa do diálogo como forma de solucionar a questão nuclear iraniana, mas disseram que os Estados Unidos e a China compartilham o mesmo objetivo.

Hu participa em Washington da Cúpula sobre Segurança Nuclear, que reúne representantes de 47 países para discutir medidas para impedir que material nuclear caia em poder de organizações terroristas.

A China é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, com direito a veto.

O país tradicionalmente se posiciona contra a imposição de novas sanções contra o Irã e defende o caminho do diálogo para resolver a questão.

Nos últimos dias, no entanto, Pequim tem dado sinais de que poderia mudar de opinião. O governo chinês já aceitou discutir a questão e, na semana passada, enviou um diplomata a uma reunião sobre o tema em Nova York.

Os outros quatro membros permanentes do Conselho de Segurança - Estados Unidos, Grã-Bretanha, França e Rússia - já se posicionaram a favor de uma quarta rodada de sanções contra o Irã.

Os Estados Unidos e outros países pressionam o Irã a interrromper seu programa de enriquecimento de urânio por temor de que Teerã planeje secretamente desenvolver armas nucleares.

O governo iraniano nega essas alegações e afirma que seu programa nuclear é pacífico.

Obama já disse que espera uma nova resolução da ONU dentro de "semanas". Ainda não há, porém, uma data prevista para a votação do tema no Conselho de Segurança.

O Brasil, que tem uma vaga rotativa no Conselho de Segurança, é contra a imposição de novas sanções e defende uma saída pacífica para a questão.

Nesta segunda-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discutiu a questão iraniana em uma reunião bilateral com o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan.

Ambos os presidentes pretendem aproveitar a realização da Cúpula sobre Segurança Nuclear para discutir com outros líderes presentes em Washington uma saída pacífica para a questão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG