Número de mortos após tornados nos EUA sobe para 340

Tornados e tempestades devastaram o sul do país; Obama visitou a região na sexta-feira

BBC Brasil |

selo

O total de mortos após a passagem de tornados e tempestades pelo sul dos Estados Unidos chegou a 340 neste sábado. Equipes de resgate e milhares de soldados ainda estão procurando corpos e sobreviventes do desastre. Mais de 200 tornados teriam passado por sete estados americanos entre terça e quarta-feira.

AP
Barack Obama observa destruição em Tuscaloosa, no Alabama
Durante uma visita na sexta-feira ao Estado do Alabama, um dos mais afetados pelas tempestades, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nunca ter visto tanta devastação .

"Devo dizer que nunca vi devastação como esta. É desolador", disse Obama após percorrer a cidade de Tuscaloosa, destruída por um tornado na quarta-feira.

"Tuscaloosa costuma registrar tornados durante esta época do ano, mas isso (a devastação) é algo que eu não acredito que tenha sido visto antes", disse o presidente, que visitou a região acompanhado da primeira-dama, Michelle Obama.

Reconstrução

Mais de 250 pessoas morreram apenas no Alabama, a maior parte delas na quarta-feira. Durante a visita, Obama conversou com familiares de vítimas, agradeceu aos voluntários que trabalham no local e disse que o governo federal fará o possível para ajudar as comunidades atingidas a se recuperarem.

"Além de incluir todas as famílias afetadas em nossas preces, obviamente nossa prioridade agora é ajudar essa comunidade a se recuperar", disse o presidente.

"Quero assumir um compromisso com as comunidades aqui, de que nós vamos fazer tudo o que pudermos para ajudar a reconstruir essas comunidades."

Emergência

Esta temporada de tornados e tempestades é considerada a mais mortal a atingir os Estados Unidos desde 1974.

O Alabama é um dos sete Estados americanos em estado de emergência e vai receber dinheiro do governo federal para os trabalhos de reconstrução.

Cerca de 1 milhão de residências e lojas continuam sem energia no Estado, desde quarta-feira.

O governador do Alabama, Robert Bentley, já disse que o número de mortos deve aumentar à medida em que as equipes avancem sobre as áreas mais afetadas.

Também foram registradas mortes nos Estados de Tennessee, Mississippi, Kentucky, Louisiana, Georgia e Virginia.

    Leia tudo sobre: tempestadetornadoeuaalabama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG